ATENÇÃO! Proteja-se das fraudes em boletos.

Não confie em ligações de pessoas que se identificam como funcionários das nossas associadas para tratar de assuntos financeiros e pagamento de boletos. Em caso de dúvida ou suspeita de fraude, entre imediatamente em contato com seu canal de venda.

Depois de dois anos em queda, desemprego mundial aumenta em 2012

Depois de dois anos consecutivos em queda, o desemprego no mundo aumentou em 2012. No ano passado, cerca de 197,3 milhões de pessoas estavam sem trabalho, quase 5 milhões a mais do que em 2011, segundo o relatório Tendências Mundiais de Emprego 2013, da Organização Internacional do Trabalho (OIT). A expectativa da OIT para 2013 é  de que o desemprego cresça ainda mais, chegando a atingir 202 milhões de pessoas até o final do ano, 204,9 milhões até 2014 e 210 milhões até 2018. Segundo a OIT, a recuperação da economia mundial não será forte o suficiente para reduzir as taxas de desemprego rapidamente.

O pico de desemprego na última década foi em 2009, ano da crise financeira internacional, com mais de 198 milhões de desempregados. Em 2010 e 2011, houve recuperação, com a queda do número de pessoas sem emprego –194,6 milhões, em 2010; e 193,1 milhões, em 2011.

“A incerteza em torno das perspectivas econômicas e as políticas inadequadas que foram implementadas para lidar com isso debilitaram a demanda agregada, freando os investimentos e as contratações. Isso prolongou a crise do mercado laboral em vários países, reduzindo a criação de empregos e aumentando a duração do desemprego” explicou, em nota, o diretor-geral da OIT, Guy Ryder.

Fonte: FAO