ATENÇÃO! Proteja-se das fraudes em boletos.

Não confie em ligações de pessoas que se identificam como funcionários das nossas associadas para tratar de assuntos financeiros e pagamento de boletos. Em caso de dúvida ou suspeita de fraude, entre imediatamente em contato com seu canal de venda.

Direito Humano à alimentação adequada.

A alimentação adequada é direito fundamental do ser humano, inerente à dignidade da pessoa humana e indispensável à realização dos direitos consagrados na Constituição Federal, devendo o poder público adotar as políticas e ações que se façam necessárias para promover e garantir a segurança alimentar e nutricional da população. A adoção dessas políticas e ações deverá levar em conta as dimensões ambientais, culturais, econômicas, regionais e sociais. É dever do poder público respeitar, proteger, promover, prover, informar, monitorar, fiscalizar e avaliar a realização do direito humano à alimentação adequada, bem como garantir os mecanismos para sua exigibilidade.

Fonte: Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional – CONSEA

http://www.planalto.gov.br/consea/exec/index.cfm